“Enfrentar de cabeça e de cara erguida é a melhor coisa, não ter vergonha, sabe?! Não esconda, chega e fala!”. Eliana Regina, vítima de violência doméstica, acredita que omitir é incentivar o agressor. Ela criou coragem, denunciou e não está sozinha!
Conheça um pouco da trajetória dessa mulher que enfrentou o abandono, a agressão e a depressão pós-parto e hoje encoraja mulheres a denunciarem seus agressores.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...