A votação da denúncia contra Temer e o ‘sexo explícito’ em Brasília

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), disse na sexta-feira, em São Paulo, ter certeza que haverá quórum na quarta-feira, 2 de agosto, para a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). Maia também afirmou que o Congresso não pode postergar a votação, sob o risco de manter o País paralisado.

“Nosso papel é votar. Não votar é manter o País parado neste momento ainda de muitas dificuldades” disse, ao reagir a relatos de que o Planalto poderia reconsiderar a estratégia de pôr a votação da denúncia na próxima semana. “Não podemos deixar o paciente no centro cirúrgico com a barriga aberta”.

Ele estimou em 480 o número de presentes no dia da sessão. “A gente precisa encerrar a denúncia e voltar para a agenda de reformas”, resumiu. Maia almoçou com o prefeito em exercício da capital paulista, Milton Leite (DEM). Também estavam no almoço o secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia, deputados, vereadores e prefeitos do partido. Maia que está ‘sentado’ sobre mais de 20 pedidos de impeachment contra Temer tem sido protagonista, segundo analistas do cenário político brasileiro, de uma barganha política praticamente inédita entre o Congresso e o Palácio do Planalto com o objetivo de salvar o cargo do presidente mais impopular e rejeitado do Brasil desde o século passado. O ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa Celso Amorim criticou duramente o sistema de “toma lá, dá cá” implantado nas relações entre o governo Michel Temer e o Congresso. “Nunca vi uma coisa assim tão escancarada. É quase sexo explícito”, disse Amorim em entrevista à BBC Brasil.

E os ‘nossos’ deputados

Nessa segunda-feira, 31, o Oi vai fazer um novo levantamento para saber a posição dos deputados federais da região sobre a votação do dia 2 de agosto. De acordo com informações da revista Época o deputado federal mais bem votado da região na eleição de 2014 não respondeu aos questionamentos da revista sobre como pretende votar nesta quarta.

ARTICULISTAS

 

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...