Oi Poá

 

Gian Lopes realiza junção de secretarias e extingue cargo de adjunto

O prefeito de Poá, Gian Lopes e o vice-prefeito Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos Indaiá, reuniram no final da tarde de ontem (31) o primeiro escalão da administração municipal para confirmar as medidas que serão adotadas para enfrentar a crise financeira instalada na cidade, após a mudança na lei do ISS (Imposto Sobre Serviços), aprovada no final de maio no Congresso, que vai tirar dos cofres do município aproximadamente R$ 140 milhões por ano. Como anunciado anteriormente, todos os cargos de secretários-adjuntos foram extintos e sete secretarias deixarão de existir. A reforma define ainda que cada pasta terá de reduzir 25% dos gastos, inclusive com a diminuição de cargos.

A Prefeitura de Poá agora encaminhará à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei que define nova reorganização administrativa do Executivo. Segundo Gian Lopes, as medidas adotadas objetivam a redução de gastos.  Os responsáveis pelas pastas municipais agora realizarão reuniões internas com suas equipes para definir como “enxugar a máquina pública”. “Foi uma decisão que precisou ser tomada, devido a crise financeira que o município enfrentará”, comentou o prefeito.

De acordo com Gian Lopes, os secretários entenderam a necessidade da extinção de algumas pastas e o momento é de união. “Agradeço o trabalho de cada um até aqui. Todos sabem que é hora de unirmos forças em prol de Poá. Sairemos fortalecidos deste processo e tenho certeza que passaremos por essa fase complicada”, ressaltou.

Provavelmente, o mês de agosto será o último que Poá ainda contará com os recursos do ISS e por isso as medidas administrativas devem ser implementadas o mais rápido possível devido a perda de receita.

Hospital

Durante a reunião, o prefeito também relembrou o esforço que tem realizado para conseguir o apoio estadual na manutenção e funcionamento do Hospital Municipal Guido Guida, para que o local não seja fechado, já que o orçamento da Secretaria de Saúde não será suficiente para manter o atendimento na unidade de saúde.

No último dia 28 de julho, Gian Lopes e o deputado estadual André do Prado, participaram de reunião com o subsecretário para relacionamento com os municípios do Estado, Murilo Macedo, no Palácio dos Bandeirantes, para tratar sobre o Hospital Municipal Guido Guida. Já no dia 19 de julho, o prefeito já havia apresentado ao governador Geraldo Alckmin e ao secretário-chefe da Casa Civil, Samuel Moreira, detalhes da situação crítica de Poá.

ARTICULISTAS

 

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...