Renata Abreu vai votar pela abertura de processo contra Temer. E Marcio Alvino?

Depois de o jornal Oi e o “Vai Encarar?” questionar (nesta terça-feira) os deputados federais mais bem votados da região do Alto Tietê sobre como deverão votar nessa quarta-feira, 2, sobre abertura de processo ou não contra o presidente Michel Temer que é acusado de corrupção passiva, a assessoria da deputada Renata Abreu (Podemos) fez contato para informar detalhes da postura da deputada: “No dia 13 de julho, a bancada do partido afastou o deputado Carlos Henrique Gaguim da CCJ e empossou Renata Abreu, que votou a favor da abertura do processo contra o presidente da República. Na sequência, dia 14, a deputada Renata Abreu colocou o voto dela sobre a admissibilidade do processo contra o presidente Michel Temer para ser decido pela população, abrindo uma votação no site do partido, como se pode ver no site podemos.org.br. Com essa iniciativa, o Podemos começou a pôr em prática uma de suas principais bandeiras, a democracia direta. Nós queremos institucionalizar essa prática; dar voz aos cidadãos. Vamos colocar outros temas para saber o que os eleitores querem. Qualquer pessoa pode votar. E eu me comprometo a votar de acordo com a decisão da maioria. Com o uso das novas tecnologias, o cidadão passa a fazer parte das tomadas de decisões no dia-a-dia. Sua participação na política se tornará constante, não se resumindo à época das eleições. O resultado da votação, posso te adiantar, é favorável à investigação do presidente da República e reafirma o voto da Renata”, destacaram a deputada e sua assessoria. O Oi segue aguardando um posicionamento dos deputados Marcio Alvino (PR), Roberto de Lucena (PV) e Celso Russomanno (PRB). Alvino é o deputado federal mais bem votado da história do Alto Tietê, mas não tem correspondido a expressiva votação, pelo menos no que se refere a transparência.

ARTICULISTAS

 

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...