Vice-prefeito diz que deputado só quer aparecer e que Doria não ‘decide nada’ sobre o Ceagesp

 

Não foi o prefeito de Suzano Rodrigo Ashiuchi (PR) que ficou ‘estressado’ com a iniciativa do deputado Estevam Galvão (DEM) de participar (anteontem) de uma reunião como prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) para tratar da transferência do Ceagesp da Capital (Vila Leopoldina) para uma cidade da Grande São Paulo, sendo que Suzano tem interesse em receber o entreposto comercial. O vice-prefeito, Walmir Pinto (PDT), entrou ontem com contato com a direção do jornal Oi para criticar uma possível ‘tentativa de aparecer’ do deputado do DEM. O vice-prefeito destacou que o prefeito de São Paulo não tem poder ‘para decidir nada’ em relação ao destino do Ceagesp e que a mudança deste entreposto depende dos governos estadual e federal e que o prefeito de São Paulo não teria qualquer condição de indicar ou determinar o local/cidade que receberá o Ceagesp. Pinto acrescentou que o deputado não representa o governo e não pode falar em nome da cidade de Suzano.

ARTICULISTAS

 

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...