Alckmin entrega mais um trem para o Expresso Leste, mas baldeação em Guaianazes ‘segue firme’

Dois novos trens para operação na CPTM foram entregues na sexta-feira, 4, na Estação Luz. Uma das composições vai operar na Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato) e a outro no serviço Expresso Leste, na Linha 11-Coral (Luz-Guaianases). “Nós estamos aqui na Estação Luz com o secretário Clodoaldo (Pelissioni, de Transportes Metropolitanos) e o presidente da CPTM, Paulo de Magalhães, entregando mais dois trens. Chegamos, então, há 18 trens novinhos, zero quilômetros”, comentou o governador durante a cerimônia de entrega das composições.

O governador ainda comentou as características dos trens e elogiou a tecnologia empregada neles. “Cada trem possui oito carros em um salão contínuo, ar condicionado, iluminação de led, câmeras, maior motorização, conforto e segurança para os usuários da CPTM. Mais trens, mais mobilidade e mais qualidade no transporte de São Paulo”, completou Alckmin, lembrando que um dos trens foi fabricado pela CAF, em Hortolândia, e o outro pela Hyundai, em Araraquara.

Com essas unidades, a operação contará com 18 composições novas do lote de 65 encomendados. As demais serão entregues até o final de 2018. “Vamos entregar, até o ano que vem, dois trens por mês, um trem a cada 15 dias, ininterruptamente, completou Alckmin.

Os trens têm salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros) e monitoramento com câmeras na parte externa e interna, além de serem acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência (contam com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico e áudio, além de espaço para cadeirantes).

As composições também dispõem de monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria.

No primeiro semestre o governador Alckmin esteve em Suzano e Mogi e falou sobre a entrega de novos trens para o Expresso Leste e que com mais composições a baldeação em Guaianazes poderia chegar ao fim; mas ainda não existe um prazo para que os trens circulem em todos os horários direto entre a Luz e Mogi.

ARTICULISTAS

 

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...