Prefeitura inicia expansão da iluminação pública na SP-56

A Prefeitura de Arujá está expandindo a rede de iluminação pública entre a fábrica da Iporã e a Vila Arujá, na Rodovia SP-56. O investimento de R$ 179 mil é custeado exclusivamente com recursos da Contribuição para Custeio dos Serviços com Iluminação Pública (CIP).

O trabalho será executado pela empresa G-Ennergy, que fornecerá mão de obra, maquinário, equipamentos e um engenheiro elétrico supervisor. Ela foi contratada pela Secretaria Municipal de Serviços, por meio de processo licitatório.

A ação contempla a instalação de 43 postes de concreto equipados com braços de projeção, luminárias completas, reatores, lâmpadas de 250 watts e 1,7 quilômetro de cabeamento.

O prefeito José Luiz Monteiro e o secretário de Serviços Leandro Larini acompanharam o início dos trabalhos, que devem durar 60 dias.

Conforme explica o chefe do Executivo arujaense, a situação da iluminação pública na cidade é acompanhada de perto. “Estamos felizes em começar o trabalho aqui na SP-56. Vai trazer mais segurança aos usuários da estrada e aos moradores desta região”, afirmou.

“Hoje a manutenção da iluminação é responsabilidade da concessionária Elektro, por determinação da Justiça, mas nem por isso deixamos de acompanhar como este serviço está sendo entregue para a população”, concluiu.

Fiscalização

O secretário de Serviços, Leandro Larini, afirma que o investimento na SP-56 é importante e que todo o material a ser instalado no local será fiscalizado.

“O custeio do serviço é da CIP, que é a taxa recolhida pelos moradores na conta de luz. Nós contratamos a empresa, mas os pagamentos são condicionados à qualidade do material utilizado e às medições que serão feitas para avaliarmos se está tudo dentro dos padrões exigidos na lei”, afirmou.

Ainda segundo o secretário, metade do investimento será pago após o fornecimento e implantação dos postes. A outra metade será dividida por etapas, uma dependerá da instalação da rede elétrica e a outra da instalação do conjunto de braços e luminárias.

O presidente da Câmara de Arujá, Abel Franco Larini, o Abelzinho, o diretor da empresa G- Ennergy Vitor Barioni e o presidente da Conselho Municipal de Segurança (Conseg), Benedito Souza Ferreira, o Maguila, também estiveram no local para acompanhar as instalações.

Aprovação

A feirante Jacira Aparecida Moraes, que trabalha há oito anos na beira da Rodovia que liga Arujá e Santa Isabel, aprova a obra que beneficiará não apenas quem mora na Vila Arujá, mas também pessoas de outras cidades que passam pelo local. “A obra é importante porque aqui é muito escuro e passam muitas pessoas, ônibus e carros. Vai ter mais segurança pra gente”, declara.

Sandro Ribeiro, morador da Vila Arujá, afirma que a extensão da iluminação pública é uma conquista de todos os moradores. “Agradecemos ao prefeito José Luiz Monteiro e ao secretário Leandro Larini por colocarem um projeto tão significativo em prática”, disse.

Já o presidente do Conseg araujense, Dito Maguila, considerou o investimento uma vitória dos moradores, que reivindicavam o serviço há anos. “Ouvi muitos relatos de assaltos e atropelamentos à noite pela falta de iluminação. Estou muito contente porque isso vai beneficiar uma média de três mil pessoas da Vila Arujá e do Jardim Santo Antônio”, afirmou.

ARTICULISTAS

 

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...