Oi antecipa propostas e regras do Novo Plano Diretor em Suzano. Novas construções serão permitidas

O novo Plano Diretor de Suzano (que está na fase final de elaboração/revisão) vai permitir/autorizar a implantação de novos empreendimentos comerciais e residências na área central da cidade. O documento que deverá ser aprovado pelos vereadores até novembro deste ano também irá sugerir/determinar o congelamento/redução de novas construções na região do Miguel Badra, que fica na parte Norte do município. O novo Plano Diretor também irá propor/estabelecer que a região da Casa Branca e Sete Cruzes (por onde passa o trecho Leste do Rodoanel) tenha uma legislação mais rigorosa no que se refere a novos investimentos industriais e comerciais. Essas propostas foram apresentadas ontem pelo secretário de Planejamento Urbano e Habitação da prefeitura, Elvis Vieira, em uma reunião promovida na Câmara para apresentação de um balanço dos trabalhos de revisão do Plano Diretor de Suzano. Ainda na reunião a indicação de novos empreendimentos na área central foi questionada por vários vereadores e tudo indica que o projeto de lei que será enviado para aprovação do Legislativo deverá gerar bastante polêmica. Ainda de acordo com o secretário Elvis que coordena os trabalhos do Plano Diretor desde maio deste ano, foram realizadas seis reuniões participativas onde discutiram-se o Plano Plurianual Participativo (PPA) 2018-2021 e o Plano Diretor 2018-2027. Essa colaboração resultou em 318 propostas. Em quantidade, destacam-se as sugestões para saúde (69); educação (54); planejamento urbano (37); e serviços urbanos (36). Vários vereadores e o presidente do Legislativo, José Izaqueu Rangel (PSDB), o Zaqueu Rangel acompanharam a reunião que contou também com a participação do vice-prefeito Walmir Pinto (PDS).

ARTICULISTAS

 

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...